17/02/2016

Complicado Definir !!!

OLÁ PROJETADOS E PROJETADAS 


2015... complicado definir...
Ja estamos quase no fim do segundo mës de 2016

Então passo a me questionar, o que vivi? O que senti? O que plantei?
E faço, como sempre, um balanço final de um ano que percebi passar a duras penas, muitas dores (físicas e emocionais). Um ano de idas, vindas, voltas, reviravoltas, encontros, desencontros, desencantos. bloqueios, desbloqueios, sem meios ou entremeios, como se a vida pudesse ser ativada ou desativada em um simples apertar de botão.
Um ano em que vi o Brasil gritar, ir às ruas, bater panela, tudo para não ruir. Vi pela TV uma mãe (que conheci) matar seu filho e fugir. Conheci muita gente nova, muita gente do bem, mas também desconheci outrem.
Foi um ano em que, praticamente todas as manhãs, fui acordada por uma ligação sem identificação, de alguém totalmente sem noção.
Confirmei que, mesmo acreditando ser verdade, as aparências enganam e como enganam!
Alguns valores perderam seu real valor, algumas amizades foram colocadas à prova e muitas conquistaram sua vitória, outras decepcionaram, iludidas, comandadas, perdidas.
Vi quem quase morreu lutar, crescer, sobreviver, reviver, viver, mas também vi quem simplesmente se escondeu, se escafedeu, fedeu.
Vi a mesmice de quem não cresce, não aparece, não dá o valor que cabe a si, nem aos outros, e acaba perdendo a razão, pois não tem paixão.
Muitos templos sagrados foram derrubados, matrimônios rompidos, sociedades desfeitas, famílias perfeitas desarmadas.
Foram tantos cafés marcados, tantos encontros desmarcados, tantas perguntas sem respostas, ligações não atendidas, tantas atitudes egoístas e, para equilibrar, tantas outras altruístas, dando a mão, de coração, sem cobranças, sem armação.
Foram muitas promessas quebradas, muitos sonhos adiados, projetos tirados do papel e jogados ao vento, junto com as palavras que pareceram perder a vida em minhas mãos (e eu sentia) cansadas de buscar algum sentido. Sentido encontrado nas linhas, nas fitas, nos tecidos rasgados que deram vida à minha vida.
E, para fechar o ano com chave de ouro, um soco no estômago, um verdadeiro nocaute, querendo me levar à lona, mas não...sei lutar, sou guerreira, vou superar.
2015...complicado definir...


Este texto eu li ano passado no perfil da amiga Marcia Mattoso ,
Ele ficou aqui como rascunho , mas como eu me identiquei com ele , ainda a tempo , náo digo que tardio , pois tudo tem o seu tempo e pode auxiliar alguem que por aqui passar .
A muito tenho sido levada a lona , tenho sido nocauteada.
Pelo medo ( eu tenho medo ), por pessoas , gente eu sou de carne e osso.
Mas pode CRER eu tenho um DEUS que tem CUIDADO de mim e nada e nem ninguém pode com ESSE DEUS QUE MORREU POR MIM .
Ele tem me guardado , tem me sustentado , tem me alegrado , tem me feito sorrir ( mesmo Ele sabendo que choro ) , sou humana e todo humano chora , sofre , lamenta ... todas essas coisas que nós temos a mania de criticar o proximo . Deus me conhece Ele conhece a todos .
( Dizer : se precisar me chama é facil demais , a questão real é se realmente você vai ajudar )

Significado de Ajudar
v.t. Auxiliar, assistir, socorrer: 

Na verdade não estamos aqui para julgar ( qualquer situação ) , estamos aqui para AJUDAR.

Não dê pouco, ajude quem puder e não apenas quem você acha que merece.
Não perca a oportunidade de ajudar !
Lembrem-se que o mais importante aconteceu , Deus nos concedeu mais uma oportunidade no dia de hoje para você e para mim .Porque amanhã é outro dia .
AJUDE

TENHA UMA VIDA ABENÇOADA(O) ... 
SEJA BEM AVENTURADO(A) TODOS OS DIAS DE TUA VIDA .
CLARINA 

Obs. os detalhes em azul eu acresscentei

4 comentários:

MM...ateliê cultural disse...

Grata por partilhar! É sempre bom saber que minhas palavras possam servir de apoio e força a outras pessoas! Adorei sua postagem!

Em tempo: Feliz 2016!!!

Beijos!

Marcia Mattoso - MM...

Minda Silva disse...

A vida não é um parque de diversão, é uma escola e como tal viemos aqui para aprender ..
Não é fácil levar rasteiras, menos ainda quando ela vem de quem menos se espera, mas por outro lado aprendemos a viver e em quem confiar ...
Desde que me entendo por gente levei rasteiras, uma após a outra, mas minha fé e minha vontade de superar não me permitiram desistir ou desacreditar, pois da mesma forma que existe gente má, tem muitas boas pra auxiliar e o que é mais interessante é que muitas a gente nem conhecia ...

Por isso sou grata a Deus, pois não ouve ingratidão que pudesse acabar com minha vontade de lutar, pois sempre soube que Deus estava comigo ..

Quando se tem fé, por mais duro que o golpe seja, a gente supera!

Bjos Clarina!
Fica com Deus!
Minda =D

Márcia D. Rebouças disse...

Belíssimas palavras... Amei... "CRER que temos um DEUS que tem CUIDADO de nós e nada e nem ninguém pode com ESSE DEUS QUE MORREU POR MIM e por vocês amigas!
Faço parte "Agenda dos Blogs"! estou te seguindo!
http://ssimplesmenteprincesa.blogspot.com.br
Bjnhs e sucesso sempre ❤

António Jesus Batalha disse...

Estou a tentar visitar todos os seguidores do Peregrino E Servo, pois por uma acção do google meu perfil sumiu e estava a seguir o seu blog sem foto e agora tive de voltar a seguir, com outra foto. Aproveito para deixar um fraterno abraço.
António Jesus Batalha.

Seguir por email

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...