08/02/2013

Revolução



O Prêmio do Pastor Silas Malafaia
Por Josimar Salum
Não conheço no Brasil nenhum pastor que com tanta eficácia defenda em debates as atuais posições evangélicas como o Pastor Silas Malafaia, contudo há um abismo entre muitas dessas posições e a Fé Evangélica que uma vez foi dada aos santos.

As contribuições dos santos também são destinadas a suprirem as necessidades dos que pregam o Evangelho.

"Porque na lei de Moisés está escrito: Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. Porventura tem Deus cuidado dos bois? Ou não o diz certamente 
por nós? Certamente que por nós está escrito; porque o que lavra deve 
lavrar com esperança e o que debulha deve debulhar com esperança de 
ser participante. Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito 
que de vós recolhamos as carnais?" 1 Coríntios 9:9-11

"Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade." Efésios 4:28

Foi ao ar na primeira hora da segunda-feira do dia 3 de Fevereiro de 2013, a entrevista que Pastor Silas Malafaia deu a jornalista Marília Gabriela para seu programa de entrevistas no SBT. 

No primeiro bloco do programa "De Frente com a Gabi" ela questionou a Teologia da Prosperidade como "uma heresia" que segundo a sua percepção" chega mais para a igreja que ao fiel e que Deus proteje mais a igreja que ao seu fiel." 

O pastor respondeu, como sempre, cheio de emoção e energia, usando a Igreja Universal como exemplo para argumentar que "nenhum fiel jamais daria seus dízimos e ofertas para a igreja por muitos e muitos anos se não recebesse nenhum benefício." 

O pastor prosseguiu afirmando que Deus é um Deus de prêmios e recompensas, que "trabalha como uma lei de recompensa', e para provar, 'disse que Paulo cita uma 'coisa linda' e citou um trecho (em vermelho) do seguinte texto:

"Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim, prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus." Filipenses 3:13-14 

A jornalista perguntou então: "Qual é a recompensa?".

O pastor respondeu com uma série de argumentos dizendo que são os benefícios que as pessoas recebem e concluiu citando os casos de pais que tem filhos drogados, esposas que têm seus maridos alcóolatras, etc que a igreja trabalha sem a ajuda de um centavo do Estado para recuperá-las.

Claro que a Igreja é uma agência extraordinária de transformação das pessoas e da sociedade!

Acrescentando o Pastor disse literalmente: 

"Nós temos essa experiência, um cara tem um único filho, ele diz 'eu daria tudo o que eu tenho prá tirar esse cara da cocaína... a mulher diz eu daria tudo para tirar o meu marido da bebida, aí vai prá igreja, é restaurado" e perguntou: "Quanto vale isto?" O cara diz 'se eu der o dinheiro todo não paga o que Deus faz na vida das pessoas." 

Algumas considerações: 

1 - É impossível pagar a Deus por qualquer coisa que recebamos DEle

Uma pessoa que é transformada, curada, liberta das drogas ou que receba qualquer grande benção de Deus na igreja não tem como e não pode pagar por nada. 

É um absurdo desprezar o preço que Jesus pagou com seu Sangue pela salvação completa desta pessoa quando a própria salvação, a benção, a cura e a libertação são monetarizadas. 

"Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado." 1 Pedro 1:18-19 


2 - O dízimo não era um pagamento para Deus abençoar Seus filhos nem pelo que Ele já tinha abençoado. 

Como Deus abençoou, como Seus filhos reconheciam que Ele é o possuidor dos céus e da terra, entregavam o dízimo.

Primeiro Deus me abençoava, depois davam o dízimo. Eu semeio, porque Ele me deu a semente para que possa semear.

Dizimar e honrar ao Senhor com as prímicias eram atos de fé "sem a qual ninguém pode agradar ao Senhor." Hebreus 11:6


Foi assim desde o início, desde quando Abrão e Jacó deram os dízimos. 

Abraão deu o dízimo de tudo, ou seja, dos despojos que conseguiu pela vitória que Deus lhe deu na guerra contra alguns reis. (Genêsis 14)

"E Jacó fez um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta viagem que faço, e me der pão para comer, e vestes para vestir; E eu em paz tornar à casa de meu pai, o SENHOR me será por Deus... e de tudo quanto me deres, certamente te darei o dízimo." Gênesis 28:20-22

E quando os judeus foram desafiados no tempo do profeta Malaquias a trazerem os dízimos à Casa do Tesouro, porque Deus os abençoava foi porque não estavam sendo fiéis. 

O que traziam como oferta era com engano, traziam o pior e não o melhor para o templo de Deus.

Deus afirmou que deveriam dar os dízimos e as ofertas e fazer prova DEle, que abriria as janelas do céus, e derramaria sobre eles uma benção tal até que não haveria lugar suficiente para a recolherem. Conferir Malaquias, especialmente cap.3, v. 10.

"Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros." 1 Samuel 15:22


Na Nova Aliança feita com o sangue de Jesus na Cruz Deus já nos deu Seu Filho e já nos abençoou tão abundantemente que já nos deu com Ele todas as coisas.

"Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?" Romanos 8:32 


3 - O dízimo e a oferta não são meios de barganha com Deus. 

Deus ama a quem dá com alegria, não por necessidade nem por compulsão.

"Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, também vos dê pão para 
comer, e multiplique a vossa sementeira, e aumente os frutos da vossa 
justiça." 2 Coríntios 9:10

Deus já resgatou o homem na Cruz do Calvário e já o abençoou com toda a sorte de bençãos. 

"Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo..."  Efésios 1:3

Não existe o que barganhar nem negociar com Deus.


4 - Deus ama quem dá com alegria

Em II Corintios cap. 9 a semeadura e a colheita é um princípio da Nova Aliança que vai além dos dízimos, porque qualquer um segundo o que propôs o seu coração, segundo a sua fé e jamais por avareza, pode semear pouco ou com abundância. 

"Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância ceifará. (v.6)

Como príncípio a semeadura está total e exclusivamente relacionada:

1 - Com a assistência aos santos; 

2 - Com o distribuir e dar os bens aos necessitados; 

3 - Com o suprimento das necessidades do povo de Deus; 

4 - E em compartilhar os bens com eles e com todos os outros. 

Qualquer outra destinação do que é destinado fora destes termos é antí-biblico. 


5 - Jesus resgatou todos os homems e conquistou tudo na Cruz do Calvário


É verdade bíblica incontestável que tudo o que recebemos de Deus, incluindo todas "as nossas recompensas", já foi conquistado por Jesus na Cruz do Calvário. 

É verdade bíblica incontestável que nas Escrituras a primeira vez que aparece a palavra "recompensa" ou "galardão" refere-se ao próprio Deus.

"Depois destas coisas veio a palavra do SENHOR a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão (a tua grande recompensa)." Gênesis 15:1

"Pela fé Moisés, sendo já grande, recusou ser chamado filho da filha de 
Faraó, escolhendo antes ser maltratado com o povo de Deus, do que por 
um pouco de tempo ter o gozo do pecado; tendo por maiores riquezas o vitupério de Cristo do que os tesouros do Egito; porque tinha em vista a recompensa." Hebreus 11:24-26

"Pela fé deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como vendo o invisível." Hebreus 11:27

No contexto do texto citado de Filipenses Paulo considerou como perda todas as coisas, pela excelência do Conhecimento de Cristo Jesus. 

"Todas as coisas" referem-se tanto as coisas religiosas que ele usufruia no Judaísmo quanto todas as outras relacionadas com a sua vida. Isto inclui riquezas! 

É por causa de Jesus que Paulo sofreu a perda de todas as coisas. 

As contribuições dos santos também são destinadas a suprirem as necessidades dos que pregam o Evangelho.

"Porque na lei de Moisés está escrito: Não atarás a boca ao boi que trilha o grão. Porventura tem Deus cuidado dos bois? Ou não o diz certamente 
por nós? Certamente que por nós está escrito; porque o que lavra deve 
lavrar com esperança e o que debulha deve debulhar com esperança de 
ser participante. Se nós vos semeamos as coisas espirituais, será muito 
que de vós recolhamos as carnais?" 1 Coríntios 9:9-11

"Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade." Efésios 4:28

Paulo considerou todas as coisas como escória (do grego 'skubala' que significa “excremento humano”). Desculpe-me, não se escandalize, por favor, por escrever essa expressão aqui, mas literalmente é o que significa 'escória' no texto original.

Como alguém pode renunciar tudo quanto tem para seguir a Jesus e depois 
buscar de Deus essas coisas? Como pode alguém tentar barganhar com Deus 
dando-lhe ofertas para que seja abençoado materialmente para si mesmo?

O irmão Marcos Miranda respondeu:

"Creio que só é possível isso ocorrer se: 
1. O indivíduo nunca realmente renunciou tudo no principio ou
entendeu o significado de renuncia (Mateus 19:16-22) ou seja, não
houve uma verdadeira conversão. (Lucas 14:33)
 2. Se a pessoa foi enganada durante sua caminhada com Cristo
crendo em outro evangelho. (Gálatas 1:6-10)"

No texto qual é o alvo para o qual Paulo prossegue avançando e esquecendo as coisas (aquelas coisas) que atrás ficam? 

"Conhecer a Jesus, e a virtude da Sua ressurreição, e a comunicação de Suas aflições, e ser feito conforme a Sua morte" Filipenses 3:10 ARC 

Qual é o prêmio que receberei prosseguindo para o alvo por conta de Seu sacrifício na Cruz?  

Conhecer a Cristo, sofrer por Cristo e ser feito conforme a Sua morte e por fim, a ressurreição dos mortos.  

Não questiono o conhecimento do Pr. Silas das Escrituras, mas desculpe-me, escrevo rindo, quando ele citou esta passagem dentro de um contexto de prosperidade e benefício para corroborar com sua afirmação de que Deus é um Deus de recompensa e de prêmios,  disse o que disse baseado numa "esejegue" que fez do texto. E não foi somente essa afirmação que fez durante a entrevista, mas algumas outras totalmente infundadas na Palavra de Deus!

Para concluir gostaria de afirmar o seguinte:

Iniquidade é tudo o que se opõe à equidade, equivalência ou igualdade. 

Estabelecido este conceito, afirmo que é uma iniquidade no seio da igreja evangélica um pastor ganhar 10, 20, 30 vezes mais do que o outro, porque igreja não é empresa, não se compensa o obreiro de Deus com base em sua classe ou nível, mas com um salário. 

Salário nas Escrituras tem a ver com sustento, porque aquele que prega o Evangelho deve viver do Evangelho e não se enriquecer do Evangelho.

"Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs 
palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a 
piedade, 

É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho (lucro); aparta-te dos tais.

Mas é grande ganho a piedade com contentamento.

Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele.

Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.

Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.

Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.

Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão."  1 Timóteo 6:3-11 Amém.



Malafaia praticamente terminou a sua fala dizendo:

"Deus te abençoe, Marília Gabriela".

Ela respondeu encerrando a sua:

"Que o meu Deus que não sei se 
é o mesmo que o seu Deus, te perdoe." 

Link para o artigo: Nasce o bissexual assim?
http://jsalum.blogspot.com/2013/02/nasce-o-bissexual-assim.html

POSTAGEM VIA BLOG 
jsalum.blogspot.com


QUERIDO PASTOR JOSIMAR 

DEUS ABENÇÕE SUA VIDA 
NO AMOR DE JESUS 
CLARINA 










7 comentários:

Beatriz Paulistana disse...

Boa tarde amiga Clarina!!!
Li parte do texto e prefiro não discutir religião.
Espero que me compreenda e não fique chateada.
Mas desejo dias felizes...
E que Deus continue nos abençoando.
Bjokas...da Bia!!!

Sandra Stegues Silva disse...

Parabéns pelo post Clarina!

É Preciso ter coragem para ir contra as coisas erradas e ficar a favor da Palavra.

Deus abençoe esses homens!!!

Beijos, amada!!! (:

Alessandra Maia disse...

Adorei se blog! Muito lindo.

Prabéns. beijos!!!

Liny Miller disse...

Amei o blog.Te vi lá no União da Blogueiras!!!
Bjus

http://blogluminoso.blogspot.com.br/

Kaline disse...

Boa tarde, Só Deus nos dá cara e peito para enfrentar tudo e todos, doa a quem doer! Ser o que somos na Igreja e fora dela não é para todos, pois muitas vezes nos envergonhamos em agradar sempre a Deus, para agradar aos homens. Não tive oportunidade de assistir a essa entrevista, estou numa correria só, mas irei assistir, já vi que no youtube tem, hehehe... Bjks e tenhas um ótimo dia.

ana cristina manhaes disse...

OLÁ MINHA LINDA!!! VIMRETRIBUIR SUA VISITA. JÁ CONHECIA SEU BLOG, ATRAVÉS DA AGENDA DOS BLOGS, GOSTEI MUITO E JÁ SOU SEGUIDORA.
SOBRE ESTE ARTIGO QUE VOCÊ POSTOU AQUI, O PROGRAMA DE ENTREVISTA FEITA COM O IRMÃO PASTOR SILAS MALAFAIA DE FRENTE COM GABI, FOI AMPLAMANETE COMENTADO EM TODA MIDIA. COMO SEMPRE HÁ VÁRIAS OPINIÕES SOBRE A ENTREVISTA: UNS ACHAM Q O PR ESTÁ CERTO, OUTROS ACHAM MAIS OU MENOS E OUTROS NÃO CONCORDAM. MESMO NO MEIO CRISTÃO HÁ CONTROVÉRCIAS.
CASO NÃO TENHA VISTO O PROGRAMA EU FIZ UM POSTAGEM NO DIA SEGUINTE E COLOQUEI UM VIDEO COM A ENTREVISTA, LÁ EXPONHO MINHA OPINIÃO. CASO QUEIRA VER É SÓ CLICAR NESSE LINK http://blogcrescimentocristao.blogspot.com.br/2013/02/uma-exemplo-de-vida-crista-abundante.html

BJUUSSS

Minda Silva disse...

Eu vejo muita coisa estranha acontecendo nas religiões, inclusive na que eu professo ... Mas sigo sempre o que meu coração manda, não tenho o costume de me cegar diante a falsos profetas, mesmo porque a minha religião é Deus, e sigo na medida do possível o que Jesus nos deixou como palavra:
"Faça aos outros aquilo que queres que te façam, ou Não faças o que não queres que te façam, e ame a Deus acima de tudo e a teu próximo como a ti mesmo"

Não é fácil seguir, e menos ainda cumprir suas palavras, mas é o que eu tento fazer todos os dias ao abrir os olhos, com certeza ao longo de 24 horas eu falho as vezes, mas nada que não me faça recomeçar de novo, pois é nisso que eu acredito. E o que quero pra mim não é glórias nem reconhecimento, mas sim ter a minha consciência tranquila ...

É uma excelente reflexão Clarina!

Bjos
Minda =D

Seguir por email

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...